A pedagogia eletrónica de Morton Subotnick ao vivo em Lisboa e em projeto online interativo

 

“Aprender criando” poderia ser a máxima de Morton Subotnick (nascido em 1933), um dos mais inovadores compositores e dedicados pedagogos nas áreas da música eletrónica e multimedia, que nos visita amanhã (sábado, 22 de outubro) para um concerto na Galeria Zé dos Bois, em Lisboa. Nos idos anos 60 do século XX, foi um dos pioneiros no uso do sintetizador analógico modular construído por Donald Buchla (e para o desenvolvimento do qual Subotnick também contribuiu decisivamente). Os arrojados efeitos sonoros experimentais que criou em 1967, com a obra “Silver apples of the moon”, que agora vem apresentar numa versão revista, fizeram do seu nome uma referência histórica transdisciplinar. Hoje ainda, a sofisticação tímbrica e rítmica, as suas texturas contrapontísticas complexas, as continuidades sonoras baléticas e coreografáveis, a sua musicalidade expressiva e teatral, continuam vivas, misteriosas e sedutoras. Som, palavra, gesto, movimento formam indestrutíveis parcerias, contextualizadas agora num universo multimedia.

 

 

Mas Morton Subotnick é também um pedagogo atento e ousado, responsável pela criação de novas estratégias e ferramentas criativas para a educação musical infantil. O seu papel enquanto criador do California Institute Of The Arts ou os seus incansáveis contributos para a reformulação de empoeirados curricula em educação artística credenciam-no suficientemente para que decidamos espreitar, sem mais delongas, o seu projeto online Creating Music. Para além de anunciar seis CD-ROMs, o site fornece um ambiente no qual as crianças podem fazer as suas experiências musicais criativas, jogando, compondo as suas próprias peças e ouvindo-as em tempo real, mesmo sem saberem ainda decifrar a notação musical convencional. Editar, alterar, inventar, avançar, recuar, duplicar, escolher, ouvir, tocar, compor, decifrar, comparar, são verbos que se concretizam em experiências sonoras diversas, como puzzles e jogos. Mas o site não se esgota na dimensão lúdica, não condescende nem banaliza: os jogos oferecem exemplos claros que ajudam a entender conceitos musicais difíceis, como timbre, altura, ritmo, tempo, melodia, dinâmica, estrutura, escala, notação. Para educadores e professores usarem de vez em quando na sala de aula. Para pais e filhos brincarem juntos.

 

22 outubro, 11 pm
Morton Subotnick
Zé dos Bois, Lisboa
[a partir dos 10 anos]

 

Paula Pina

Advertisements

Leave a comment

Filed under Internet, Música, Ram Ram

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s