2011 > essencial > literatura > livros > internacionais

 

Uma reflexão e sistematização do que a história fará perpetuar na produção criativa de determinado ano não é, em nosso entender, tarefa que possa ser devidamente cumprida ainda no decurso desse período ou, sequer, nos dias que se seguem ao seu fim. Por isso, sem as precipitações e as obsessões normativas que regem a quase totalidade das publicações culturais por este mundo dentro, optamos por deixar as obras que mais nos enriqueceram em 2011 assentar um pouco da sua intemporalidade nesta primeira meia dúzia de semanas de 2012 – e resumimos, desde ontem e nos próximos dias, o que nos parece ser a essência dessa colheita, os trabalhos aos quais o ano passado merece ficar efetivamente associado. Ao segundo passo desta pequena sequência de balanços, a produção literária infantojuvenil de autoria estrangeira que teve honras de edição em Portugal:

 

1. “Na noite escura”, de Bruno Munari
[a partir dos 8 anos]

 



2. “Charlie e a fábrica de chocolate”, “O fantástico Sr. Raposo” e “James e o pêssego gigante”, de Roald Dahl [texto] e Quentin Blake [ilustrações]
[a partir dos 8 anos]

 

3. “O lanche do senhor verde”, de Javier Sáez Castan
[a partir dos 3 anos]

 

4. “Crictor” e “O homem da lua”, de Tomi Ungerer
[“Crictor”, a partir dos 3 anos; “O homem da lua”, a partir dos 4 anos]

 

5. “Isto ou aquilo?”, de Dobroslav Foll
[a partir dos 3 anos]

 

6. “Isto é Nova Iorque”, “Isto é Londres”, “Isto é Paris” e “Isto é Roma”, de M. Sasek
[a partir dos 6 anos]

 

7. “Emigrantes” e “Contos dos subúrbios”, de Shaun Tan
[“Emigrantes”, a partir dos 7 anos; “Contos dos subúrbios”, a partir dos 8 anos]

 

8. “O livro do buraco”, de Peter Newell
[a partir dos 7 anos]

 

9. “O autocarro de Rosa Parks”, de Fabrizio Silei [texto] e Maurizio A. C. Quarello [ilustrações]
[a partir dos 9 anos]

 

10. “O meu balão vermelho”, de Kazuaki Yamada
[a partir dos 2 anos]

 

11. “Minimalário”, de Pinto & Chinto
[a partir dos 4 anos]

 

12. “O passeio da Dona Rosa”, de Pat Hutchins
[a partir dos 3 anos]

 

13. “O urso e o gato selvagem”, de Kazumi Yumoto [texto] e Komako Sakai [ilustrações]
[a partir dos 4 anos]

 

14. “O ladrão de galinhas”, “A vingança do galo” e “A pesca”, de Béatrice Rodriguez
[a partir dos 2 anos]

 

15. “Grande coisa”, de William Bee
[a partir dos 4 anos]

 

16. “Um dia, um guarda-chuva”, de Davide Cali [texto] e Valerio Vidali [ilustrações]
[a partir dos 4 anos]

 

17. “Desenhar, rabiscar e colorir”, de Fiona Watt [texto], Erica Harrison e Katie Lovell [ilustrações]
[a partir dos 6 anos]

 

18. “O Maurício da Gama é novo cá na escola”, de David Mackintosh
[a partir dos 4 anos]

 

19. “Correio para o tigre”, de Janosch
[a partir dos 4 anos]

 

20. “O Tio Elefante”, de Arnold Lobel
[a partir dos 4 anos]

 

Bruno Bènard-Guedes

Advertisements

Leave a comment

Filed under Ilustração, Literatura

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s