“Miroir”, de Juliana Perdigão

 

Para uma viagem até às mais remotas fundações do universo, numa das mais singelas canções do seu debutante “Álbum desconhecido“, Juliana Perdigão – cantora, clarinetista e flautista de Belo Horizonte – levou um amigo especial: o irmão, Gabriel. Fazer participar as crianças e os jovens na arte, de um modo inteligente e respeitador da sua integridade enquanto pessoa, é merecedor de menção e louvor nos dias que correm, tal como é motivo de espanto sempre que os mais novos se revelam com este brilho, esta luz, esta pertinência e esta noção de eterna candura. Na verdade, parecem ser eles os principais espelhos da primeira explosão do mundo, desse “lapso entre a luz e o breu”, que aqui se convoca e a que se promete regressar sempre mais uma vez.

 

Advertisements

Leave a comment

Filed under Música

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s