Hervé Tullet [ilustrador convidado, semana 1]

 

Ilustrador, pintor e autor de incontáveis talentos, Hervé Tullet, nascido em França em 1958, faz dos sentidos matéria prima do seu trabalho e do livro um objeto mágico. Começou por ilustrar para a imprensa, mas desde 1994 que se dedica sobretudo ao desenho criativo para crianças. Hervé Tullet – que será o Ilustrador Convidado do Cria Cria em maio e junho – assinou nestas duas décadas um número estonteante de livros e jogos, sendo considerado um dos mais originais e prolíferos ilustradores do mundo inteiro. “Um livro”, pérola que chegou até nós em 2010, foi um estrondoso sucesso editorial e continua a encantar todos aqueles que têm a oportunidade de o descobrir. Os jogos “Artist’ik” e “Creat’ik” também já estão disponíveis em Portugal (igualmente por cortesia da Edicare). Hervé Tullet é um mestre de cores básicas e vibrantes, que explora os horizontes da imaginação e propõe um diálogo direto – tantas vezes físico – entre o livro e o público infantil, contornando as tendências simplistas da interatividade nos moldes da sociedade contemporânea. Os seus livros são uma constante redescoberta do prazer da leitura como pura experiência sensorial, para pequenos e grandes.

 

Cria Cria: Como (e quando) é que surgiu o desenho na sua vida? E como (e quando) é que o desenho começou a “transformar-se” em ilustração? Por que é que desenha? Ainda sente a mesma motivação que tinha quando começou a ilustrar?

Hervé Tullet: Quando eu era diretor de arte, na publicidade, já me interessava muito mais pelas ideias do que pelo desenho. O que eu fazia, então, eram pequenos desenhos (a lápis), muito rápidos, para exprimir as minhas ideias… Depois, quando decidi tornar-me ilustrador, parti com essa ideia de que não sabia desenhar verdadeiramente bem, mas procurei exprimir as ideias (mesmo as ideias de estilos) mais do que fazer um trabalho mesmo em torno do desenho… Devo acrescentar que decidi mudar de via quando o meu primeiro filho nasceu… Eu queria ter mais orgulho do meu trabalho! E queria desenvolver mais ideias do que as poucas que conseguia, naquele momento, produzir na publicidade… Portanto, eu desenho porque não há outro remédio! Para exprimir as minhas ideias. Mas eu tenho mais prazer em encontrar uma ideia do que em desenhá-la… Nesse sentido, quanto mais procuro por ideias, mais as encontro. Ou seja, sim, tenho sempre a mesma alegria, ou talvez ainda mais, em trabalhar. Em particular no meu trabalho como autor de livros para a juventude…

Cria Cria: Comment (et quand) est-ce que le dessin est apparu dans votre vie? Et comment (et quand) est-ce que le dessin a commencé à devenir illustration? Pourquoi dessinez-vous? Ressentez-vous encore la même joie que quand vous avez commencé à illustrer?

 

Hervé Tullet: Quand j’étais directeur artistique, dans la publicité, j’étais déjà beaucoup plus intéressé par les idées que par le dessin. Je faisais alors des petits dessins (crayonnés), très rapides, pour exprimer mes idées… Puis, quand j’ai décidé de devenir illustrateur, je suis parti avec cette idée que je ne savais pas vraiment bien dessiner, mais j’ai cherché à exprimer des idées (même des idées de styles) plus qu’un vrai travail autour du dessin… Je dois ajouter que j’ai décidé de changer de voie quand mon premier enfant est né… Je voulais être plus fier de mon travail! Et faire aboutir plus d’idées que le peu que j’arrivais, à ce moment-là, à produire dans la publicité… Alors, je dessine parce qu’il le faut bien! Pour exprimer mes idées. Mais j’ai plus de plaisir à trouver une idée qu’à la dessiner… Dans ce sens, plus je cherche d’idées plus j’en trouve. Alors, oui, j’ai toujours la même joie, et peut-être même de plus en plus de joie, à travailler. En particulier dans mon travail d’auteur de livres pour la jeunesse…

 

ilustração originalmente publicada no livro “À toi de gribouiller” [Bayard Jeunesse, 2007]

illustration originalement publiée dans le livre “À toi de gribouiller” [Bayard Jeunesse, 2007]

 

Hervé Tullet: Desenhos muito rápidos ou desenhos para exprimir uma ideia… O rabisco é interessante… Todas as crianças o conhecem e podemos nos divertir verdadeiramente com um simples rabisco. E não é difícil de fazer…

Hervé Tullet: Dessins très rapides ou dessins pour exprimer une idée… Le gribouillage est intéressant… Tous les enfants le connaissent et on peut vraiment s’amuser avec un simple gribouillage. Et ce n’est pas dur à faire…
Advertisements

Leave a comment

Filed under Ilustração

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s