“Tarefas infinitas”, na Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

 

A nova mostra que o Museu da Fundação Calouste Gulbenkian apresenta ao público nesta sexta feira (e que aí estará patente até ao mês de outubro) inscreve-se como uma proposta de ensaio e reflexão sobre as inumeráveis potencialidades semânticas e dialógicas do livro enquanto objeto de arte. Partindo do seu caráter matérico, averigua-se a hipótese do homem se alcançar ao infinito pelo finito. O livro, o conhecimento e a arte são um dever comum que se lança para o futuro. Uma tarefa interminável, tal como a biblioteca de Borges, a Babel que fez universo, em que nos perdemos e encontramos, numa imensidão de apenas 23 letras.

 

ler texto integral no Doodles

 

 

20 julho > 21 outubro
exposição “Tarefas infinitas – Quando a arte e o livro se ilimitam”
Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa
[a partir dos 7 anos]

Advertisements

Leave a comment

Filed under Artes plásticas, Cinema, Design, Ilustração, Literatura

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s