“Orani – My father’s village”, de Claire A. Nivola [no Carrossel com Andreia Brites]

 

É raro aparecerem em Portugal álbuns de não ficção de potencial receção infantil. As razões serão diversas, e a principal residirá seguramente no atraso que a edição nesta área tenta colmatar. Se recebemos obras canónicas da literatura com 30, 40, 50 anos de atraso, o que dizer da não ficção? A não ficção é, ainda, um parente pobre na edição para adultos em Portugal, pelo que não será de estranhar que mesmo os editores independentes sintam algum temor em editar os premiados, por exemplo, dos Bologna Ragazzi Awards nessa categoria. Falar de não ficção não se resume a enciclopédias, nem tão pouco é obrigatório que não seja literatura. Memória, diário de viagem, reportagem, diário, crónica… Ou história, antropologia, filosofia, biologia, música, arquitetura…

 

 

“Orani – My father’s village” relata o regresso de uma filha à aldeia do pai, na Sardenha, as suas observações, os seus espantos, os seus incómodos. Mais do que um relato informativo, é um testemunho afetivo, quase elegíaco, que não está de todo fora do alcance do leitor infantil. Se a palavra e o texto expressam, amplificam, transformam, representam, dialogam com o mundo na sua polifonia, não há razão para que a edição se feche a essa pluralidade de registos. Só perante tal diversidade o leitor se descobre e descobre a sua forma de ler. Isso deve começar logo na infância.

 

Andreia Brites [convidada do Carrossel Cria Cria*]

 

*O Cria Cria completou no início de junho um ano de vida. Como presente, pedimos um carrossel. O verão está no auge da sua glória, e é no nosso carrossel, na companhia daqueles que ao longo deste ano nos ajudaram a crescer e a dar os primeiros passos, que queremos sentir a sua brisa quente. As nossas viagens serão feitas com outras crianças sem idade, como nós: escritores, editores ou distribuidores cujos trabalhos na área cultural e pedagógica para o público infantojuvenil nos motivaram e inspiraram ao longo destes 12 meses. Fieis ao lema de um antigo carrossel que garantia sempre “mais uma volta, mais uma emoção”, queremos que cada um desses nossos convidados passe um longo fim de semana connosco, partilhando a cada nova volta do carrossel uma nova emoção: propostas de paixões pessoais mais ou menos recentes neste campo (e não só…), ideias que nos tenham escapado e que sabemos que vão transformar o Carrossel Cria Cria numa aventura mais feliz e bonita. Em junho, julho e agosto, sempre à sexta feira, ao sábado e ao domingo, aqui brindamos à entrada no nosso segundo ano e aqui celebramos o solarengo estio – época em que, mais do que nunca, as crianças querem estar com os velhos amigos, conhecer novos, brincar, trocar conhecimentos e experiências… e ver a vida a andar à roda… Para continuar a fazer rodar o nosso Carrossel, temos neste fim de semana a companhia de Andreia Brites, editora do blog O Bicho dos Livros e mediadora de leitura.
Advertisements

Leave a comment

Filed under Ilustração, Literatura

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s