“Do!”, de Gita Wolf, Ramesh Hengadi, Rasika Hengadi, Shantaram Dhadpe e Kusum Dhadpe [no Carrossel com Andreia Brites]

 

Quando se fala de livros sobre multiculturalismo, fala-se normalmente da perspetiva do autor europeu, americano, australiano sobre outra cultura. Há neste princípio uma hipocrisia inconsciente, a de que nos basta escrever sobre o outro para o dar a conhecer.  Acontece porém que o outro não pensa como nós, não sente como nós, não escreve e não desenha como nós. Por muito que o intuamos, como por exemplo quando lemos “O pequeno inventor” (Hyun Duk e Cho Mi-ae, Orfeu Negro), algo nos escapa no seu ritmo, no seu tempo, na sua harmonia. A beleza dos livros da editora indiana Tara Books espelha esse deslumbramento face ao que nos é diferente, das técnicas de ilustração e gravação à própria narrativa visual e textual. Os folclores regionais e sociais estão bem presentes nestas edições, onde cabem muitas narrativas de tradição oral etnográfica e cosmogónica, de caráter literário ou não.

 

 

A loja da GATAfunho, em Lisboa, importa alguns livros de outros hemisférios, nomeadamente os da Tara Books, e haverá outras livrarias que certamente os encomendarão, a pedido dos clientes. No entanto, é preciso dominar a língua original para aceder ao livro. A questão é que a receção destes livros fica limitada a um nicho de leitores e não chega às bibliotecas e às montras da maioria dos espaços que vendem livros. Para que a interculturalidade funcione de facto, temos de receber as experiências originais de outras culturas, estranhá-las e perceber que esse estranhamento faz parte do diálogo.

 

Andreia Brites [convidada do Carrossel Cria Cria*]

 

*O Cria Cria completou no início de junho um ano de vida. Como presente, pedimos um carrossel. O verão está no auge da sua glória, e é no nosso carrossel, na companhia daqueles que ao longo deste ano nos ajudaram a crescer e a dar os primeiros passos, que queremos sentir a sua brisa quente. As nossas viagens serão feitas com outras crianças sem idade, como nós: escritores, editores ou distribuidores cujos trabalhos na área cultural e pedagógica para o público infantojuvenil nos motivaram e inspiraram ao longo destes 12 meses. Fieis ao lema de um antigo carrossel que garantia sempre “mais uma volta, mais uma emoção”, queremos que cada um desses nossos convidados passe um longo fim de semana connosco, partilhando a cada nova volta do carrossel uma nova emoção: propostas de paixões pessoais mais ou menos recentes neste campo (e não só…), ideias que nos tenham escapado e que sabemos que vão transformar o Carrossel Cria Cria numa aventura mais feliz e bonita. Em junho, julho e agosto, sempre à sexta feira, ao sábado e ao domingo, aqui brindamos à entrada no nosso segundo ano e aqui celebramos o solarengo estio – época em que, mais do que nunca, as crianças querem estar com os velhos amigos, conhecer novos, brincar, trocar conhecimentos e experiências… e ver a vida a andar à roda… Para continuar a fazer rodar o nosso Carrossel, temos neste fim de semana a companhia de Andreia Brites, editora do blog O Bicho dos Livros e mediadora de leitura.
Advertisements

Leave a comment

Filed under Artes plásticas, Ilustração, Literatura

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s