Tag Archives: a partir dos 12 anos

Jazz em Agosto 2014

jazz em agosto 2014

 

Seria efetivamente inevitável? Ou nem por isso…? As guitarras vão contaminar inapelavelmente o Jazz em Agosto deste 2014. A 31ª edição do festival lisboeta – que começa com o mês que o nomeia – foca-se com particular empenho num instrumento cujo protagonismo no repositório jazzístico não é – salvo uma generosa dúzia de exceções, extensíveis de Charlie Christian a Derek Bailey, passando por Django Reinhardt, Wes Montgomery ou Jim Hall – por demais assinalável. Partindo dessa premissa, difícil seria garantir uma agenda com o Continue reading

Advertisements

Leave a comment

Filed under Cinema, Música

“A flor do equinócio”, “Bom dia” e “O fim do outono”, de Yasujirô Ozu

yasujiro ozu ohayo

 

Parafraseando um dos seus mais emblemáticos títulos, celebremos o facto de, um ano depois da primavera comercial tardia de “Viagem a Tóquio” (1953) e “O gosto do saké” (1962), Yasujirô Ozu estar de regresso aos cinemas portugueses com um ciclo no Espaço Nimas (com uma breve passagem, em agosto, pelo Theatro Circo, Braga, e, em setembro, também pelo portuense Teatro Municipal Campo Alegre), que, a partir de hoje, exibirá três das mais esplendorosas longas metragens da fase final da sua filmografia, agora em versões restauradas digitalmente. “A flor do equinócio” (1958), “Bom dia” (1959) e “O fim do outono” (1960) são três dos apenas seis filmes que Ozu dirigiu a cores. Talvez por esse motivo, as três obras que agora iluminam a sala do Nimas parecem sublinhar e consolidar as particularidades que distinguem a vasta carreira do realizador, não somente quanto às escolhas narrativas – o tema da família e das Continue reading

Leave a comment

Filed under Cinema

Jagwa Music, concertos em Lisboa, Sines e Barcelos

jagwa music

 

Os Jagwa Music, associação de músicos de rua da Tânzania e guardiões universalistas do arsenal de códigos sónicos a que se convencionou chamar mchiriku, constituem-se num som de indesmentível vigor e de inequívoco rigor, de ânsia rítmica e dissonância melódica. Música visceralmente original – porque em ligação direta à nossa origem sensorial – e radical – porque em permanente exploração das Continue reading

Leave a comment

Filed under Música

“The Monuments Men – Os caçadores de tesouros”, de George Clooney

george clooney the monuments men

 

Infelizmente, a “fama” mediática é uma qualidade (?) que tende a diminuir as qualidades de alguns dos que exalta. George Clooney, por exemplo: a sua obra como realizador continua a ser mal conhecida ou simplesmente arrumada como descartável. Depois de “Nos idos de março” (2011), aí o temos a dirigir este “The Monuments Men”, apostado em resgatar um Continue reading

Leave a comment

Filed under Cinema

“Fuga”, de Jeff Nichols

jeff nichols mud

 

Desconcertante visão: num tempo em que predominam os heróis mais ou menos super, mais ou menos digitais, Jeff Nichols propõe um regresso à terra. Em sentido literal e simbólico. “Fuga” é uma desencantada crónica sobre uma América enquistada no tempo, um país de lugares enigmáticos e envolventes, por vezes inquietantes, onde o protagonista de nome Mud tenta encontrar um lugar em que as suas culpas possam ser redimidas. Que sejam dois rapazes a Continue reading

Leave a comment

Filed under Cinema

“Gravidade”, de Alfonso Cuarón

alfonso cuaron gravity

 

Paradoxo essencial: o cinema a três dimensões não se limita a alterar a composição do espaço; todo o seu aparato (incluindo os óculos que o espetador tem de usar) implica uma nova conceção do tempo, quer dizer, das durações através das quais elaboramos a nossa perceção do… espaço. Depois de Steven Spielberg (“As aventuras de Tintin – O segredo do Licorne”) e Martin Scorsese (“A invenção de Hugo”), Alfonso Cuarón surge como um dos poucos cineastas a refletir sobre as subtis implicações de tudo isso: “Gravidade” é um filme em que o 3d não se apresenta como um complemento mais ou menos pitoresco da ação física, servindo antes para Continue reading

Leave a comment

Filed under Cinema

“Viagem a Tóquio” e “O gosto do saké”, de Yasujirô Ozu

yasujiro ozu tokyo monogatari viagem a toquio

 

Enquanto retratista das convulsões da sociedade japonesa e, em particular, da reconversão dos espaços familiares depois da II Guerra Mundial (temas exemplarmente cristalizados nestes dois filmes), Ozu foi também um autor, por excelência, do cinema como ato de uma partilha enigmática, quase secreta, com aquelas figuras humanas, ao mesmo tempo tão carnais e tão etéreas, que observamos no retângulo mágico que emerge da escuridão. Daí o encantamento que persiste no ambíguo realismo de “Viagem a Tóquio” e “O gosto do saké”: por um lado, deparamos com variações obsessivas sobre a frágil unidade da família (no primeiro caso, através de um casal que se desloca a Tóquio para visitar os filhos; no segundo, acompanhando a saga de Continue reading

Leave a comment

Filed under Cinema

Livros para pré-adolescentes e adolescentes

brian selznick a invencao de hugo cabret 2

 

Difícil e inglória é, muitas vezes, a tarefa de encontrar livros para pré-adolescentes e adolescentes que desejam outras leituras que lhes permitam escapar à voragem da literatura de aventuras (redutora), da literatura fantástica (excessiva), da literatura policial ou de mistério (de cabeceira), da literatura de costumes (desapontante), da literatura de auto-ajuda-e-conhecimento (moralizante e antiquada), da literatura de lista escolar obrigatória (imposta). Há ainda muitos jovens que passaram pela literatura de sucesso comercial (de Continue reading

2 Comments

Filed under Ilustração, Literatura

“O Mascarilha”, de Gore Verbinski

gore verbinski the lone ranger

 

Aquilo que distingue os filmes, sobretudo os muito promovidos lançamentos de verão, não é a pletora dos chamados efeitos especiais (que aqui são abundantes, podem crer, e muitíssimo sofisticados). É antes o amor por esses dois vetores mágicos que dão corpo ao cinema: o Continue reading

Leave a comment

Filed under Cinema

“Depois da Terra”, de M. Night Shyamalan

m night shyamalan after earth

 

Poderia escrever-se uma história das florestas nos filmes de Hollywood. Desde “As aventuras de Robin dos Bosques” (1938), com Errol Flynn, até “Apocalypse now” (1979), de Francis Ford Coppola, a floresta é o menos naturalista dos cenários naturais. “Depois da Terra” pertence a essa vasta família iconográfica, convidando-nos a percorrer os labirintos de uma frondosa floresta (filmada na Costa Rica), devidamente trabalhada pela Continue reading

Leave a comment

Filed under Cinema

Presente perfeito, pelo Dia Mundial da Criança 2013 [a partir dos 12 anos]

capa lech majewski o moinho e a cruz pormenor

 

Procuramos prodigiosos presentes propostos prá prole privilegiada – primorosas princesas ou principiantes prestidigitadores -, premissa prioritariamente projetada, protegida e promovida pelos prezados progenitores percetores Continue reading

Leave a comment

Filed under Cinema, Ilustração, Literatura, Música

“Amordiscadelas”, de Moni Pérez

capa amordiscadelas

 

“Desenhar é colher migalhas de realidade para mordiscar, cheirar, bisbilhotar, roubar e coser depois numa folha de papel. Ou de árvore, como preferirmos. E, claro: desenhar é jogar.” São exatamente mordiscadelas, pedacinhos de realidade pessoal e autobiográfica despretensiosa, que encontramos nesta sequência de cenas selecionadas que Continue reading

Leave a comment

Filed under Ilustração, Literatura

Presente perfeito, pelo Natal 2012 [a partir dos 10 anos]

capa homero odisseia pormenor

 

Como já se tornou um hábito, não poderíamos chegar ao Natal sem dizer “presente!” – por isso, aqui estamos com as nossas escolhas de presentes para distintos gostos e feitios, unidos pelas doses inesquecíveis de magia e beleza que acrescentarão ao sonho das crias que mais amamos. Continue reading

Leave a comment

Filed under Cinema, Ilustração, Literatura, Música

Anne Teresa de Keersmaeker, Artista na Cidade, últimos espetáculos

 

A bienal Artista na Cidade – inteiramente consagrada, neste ano, à obra da coreógrafa belga Anne Teresa de Keersmaeker – encerra com um ciclo de espetáculos a ter lugar até ao final de novembro e que se desdobra por cinco das mais insignes salas da capital. A primeira performance é apresentada no decurso dos Continue reading

Leave a comment

Filed under Dança

“Capuchinho Vermelho – Histórias secretas e outras menos”

 

Agora que se assinalam 200 anos sobre a publicação de “Contos da infância e do lar”, dos irmãos Grimm, a Bags of Books edita uma coletânea de contos e “outros menos” em que se reinventa uma das narrativas aí incluídas, “O Capuchinho Vermelho”. Este é um clássico incontornável da literatura infantojuvenil, que, apesar de ser atribuído à dupla de autores alemães e a Charles Perrault (que assina texto com igual título em “Contos da Mãe Gansa”), remonta a Continue reading

Leave a comment

Filed under Ilustração, Literatura

Jazz em Agosto 2012

 

Entre hoje e o dia 12 do presente mês, a Fundação Calouste Gulbenkian e o Teatro do Bairro recebem a 29.ª edição do festival Jazz em Agosto, com propostas que sintetizam a transversalidade dos discursos e linguagens do jazz contemporâneo. Grandes bastiões do free marcam a edição que Continue reading

Leave a comment

Filed under Música

“Os lusíadas”, de António Fonseca

 

António Fonseca, ator maior do teatro nacional contemporâneo, leva à Capital Europeia da Cultura um feito heroico e uma nova abordagem desta peça do renascimento clássico, livro matricial do nosso imaginário coletivo. São dez horas de declamação da epopeia, em que se procura, por um lado, superar as Continue reading

Leave a comment

Filed under Literatura, Teatro

Presente perfeito, pelo Dia Mundial da Criança 2012 [a partir dos 9 anos]

 

Entre uma ansiedade manifesta, que faz o coração transbordar de tamanha curiosidade, e um silêncio tímido, a expetativa por um Dia da Criança perfeito é comum. Por isso mesmo, e para que com as nossas crias possamos fazer perdurar esta celebração da vida que elas nos acrescentam, aqui se elencam as nossas escolhas de presentes para satisfazer a Continue reading

Leave a comment

Filed under Cinema, Ilustração, Literatura, Música

Eleanor Friedberger ao vivo em Lisboa e em Guimarães

 

No ano passado, e aproveitando a deixa da pausa ainda sem fim anunciado dos monumentais The Fiery Furnaces, Eleanor Friedberger deu umas tréguas ao rock fractal e esclarecidamente esquizoide do duo de “Blueberry boat”, aventurando-se na composição com “Last summer”, uma emotiva viagem poética e sonora, temperadamente nostálgica e arrojada. Friedberger revisita o passado através de fotografias e Continue reading

Leave a comment

Filed under Música

Ran Blake e Sara Serpa ao vivo na Culturgest, Lisboa

 

Um ano e meio depois do memorável e intimista recital na Trem Azul Jazz Store, o público lisboeta terá hoje nova oportunidade de ver nascer a música de Ran Blake e Sara Serpa, agora num espaço radicalmente diferente: o Grande Auditório da Culturgest. Com uma monumental carreira que transcende o meio século, o pianista, professor e mestre Ran Blake é um dos mais prodigiosos pensadores da improvisação jazz, responsável pela reinvenção do legado dos grandes compositores e pela combinação de temas blues e gospel com o universo do cinema noir. Personalidade extravagante, Blake é senhor de uma Continue reading

Leave a comment

Filed under Música