Tag Archives: Yara Kono

Passatempo “Uma onda pequenina”, de Isabel Minhós Martins e Yara Kono

capa uma onda pequenina

 

O Cria Cria tem para oferecer, com a amável colaboração da editora Planeta Tangerina, três exemplares do livro “Uma onda pequenina”, de Isabel Minhós Martins e Yara Kono, à venda desde há poucos dias. Para receber um destes álbuns, basta que Continue reading

Leave a comment

Filed under Ilustração, Literatura, Passatempos

“Uma onda pequenina”, de Isabel Minhós Martins e Yara Kono

capa uma onda pequenina

 

Depois das propostas criativamente geniais de “O que há” e de “Este livro está a chamar-te (não ouves?)“, ambos com ilustrações de Madalena Matoso, neste terceiro volume da Coleção de Cantos Redondos Isabel Minhós Martins e Yara Kono conseguem a proeza de mais uma vez conduzir o leitor numa aventura marítima pela capa e pela contracapa, pelas guardas e pelas páginas, acompanhando e desafiando o menino protagonista. Acreditamos realmente que o Continue reading

Leave a comment

Filed under Ilustração, Literatura

“Biblioteca Fnac Kids – 100 livros que crescem contigo”

biblioteca fnac kids 100 livros que crescem contigo

 

Uma ideia, quando é válida, pode e deve repetir-se. É esse o caso do simpático guia “Biblioteca Fnac Kids – 100 livros que crescem contigo“, num formato prático e sintético, que a Fnac acabou de lançar, aparentado com aqueloutro, saudoso já, elaborado pela equipa do Projeto Gulbenkian / Casa da Leitura. Se nem sempre os critérios de seleção são irrepreensíveis, se faltam ilustradores de relevo ou uma revisão de texto mais cuidada, assumidas as Continue reading

Leave a comment

Filed under Ilustração, Literatura

Livros que cheiram a mar

praia mar 11

 

Para levar na bagagem, para antes, durante ou depois de um belo dia de praia, aqui ficam algumas sugestões de livros de autores portugueses com o mar como cenário – do álbum à novela, do conto à poesia e ao teatro, para os mais pequenos e para os mais crescidos, grandes e assim-assim. Obras para Continue reading

Leave a comment

Filed under Ilustração, Literatura

Passatempo “Tantos animais e outras lengalengas de contar”, de Manuela Castro Neves e Yara Kono

capa tantos animais

 

O Cria Cria tem para oferecer, com a amável colaboração da editora Planeta Tangerina, três exemplares do livro “Tantos animais e outras lengalengas de contar”, de Manuela Castro Neves e Yara Kono, à venda desde há poucos dias. Para receber um destes álbuns, basta que Continue reading

Leave a comment

Filed under Ilustração, Literatura, Passatempos

“Tantos animais e outras lengalengas de contar”, de Manuela Castro Neves e Yara Kono

capa tantos animais

 

Era uma vez uma menina, muito linda, certinha, e nada faladora. Chamavam-na até “menina da professora”. Um dia ficou de castigo: não por mentir ou por se estar a rir, mas por não saber fazer… contas de dividir. A menina chama-se Manuela Castro Neves. Tornou-se professora e ensinou durante 44 anos. Sabendo que o “medo do erro”, na ortografia e na matemática, conduz ao insucesso e à rejeição da Continue reading

Leave a comment

Filed under Ilustração, Literatura

Yara Kono: dois livros

 

Ilustradas por Yara Kono, “Pirilampos e estrelas” (com texto fabulosamente sintético de António Torrado) e “A ilha” (bem vinda voz estreante de João Gomes de Abreu) são duas narrativas de feição alegórica que escondem dimensões exemplares, até politicizantes. A ironia subtil do texto conjuga-se com a inteligência simultaneamente infantil e delicadamente naif da ilustração, e ambos interagem de um Continue reading

Leave a comment

Filed under Ilustração, Literatura

Yara Kono [ilustradora convidada, última semana]

 

Nasceu no Brasil, tem família japonesa, mas foi em Portugal que Yara Kono afirmou a sua extraordinária identidade autoral como designer e, sobretudo, como ilustradora. Além de desempenhar um papel cada vez mais relevante no quadro criativo da editora Planeta Tangerina, da qual faz parte há quase uma década, tem visto igualmente obras suas publicadas noutras casas centrais da literatura infantojuvenil nacional, da Caminho à Kalandraka. Yara Kono foi a Ilustradora Convidada do Cria Cria nos meses de março e abril, um ano depois de ter visto o seu talento devidamente reconhecido ao receber o Prémio Nacional de Ilustração.

Agora que terminam estes dois meses em que tivemos Yara Kono como nossa Ilustradora Convidada, não podemos deixar de lhe manifestar aqui um profundo agradecimento pelo empenho e humildade que, em cada uma destas oito semanas, dedicou a esta nossa partilha de ideias. Valeu, Yara. Arigatou, Yara. Obrigado, Yara.

 

Cria Cria: Com o excesso de oferta no campo da ilustração que aconteceu em Portugal (e um pouco por todo o mundo) nesta última década, acha que o mercado ainda consegue ser justo para quem faz os trabalhos de maior valor artístico? O crescimento exponencial da oferta tem sido devidamente acompanhado pelo crescimento da procura? Um ilustrador com talento como o seu pode viver apenas da ilustração? Tem alguns períodos de tempo sem trabalhos novos em mãos? Ou, por outro lado, recusa muitas propostas de trabalho?

Yara Kono: Às vezes sim, muitas vezes não… e essa situação, como sabemos, não se restringe apenas à ilustração. Se gostamos do que fazemos, e se o fazemos bem, as oportunidades hão de surgir, cedo ou tarde. É preciso estar atento e, algumas vezes, sermos nós a criá-las. Não podemos é ficar sentados à espera… Acredito que quanto maior é a Continue reading

Leave a comment

Filed under Ilustração

Yara Kono [ilustradora convidada, semana 7]

 

Nasceu no Brasil, tem família japonesa, mas foi em Portugal que Yara Kono afirmou a sua extraordinária identidade autoral como designer e, sobretudo, como ilustradora. Além de desempenhar um papel cada vez mais relevante no quadro criativo da editora Planeta Tangerina, da qual faz parte há quase uma década, tem visto igualmente obras suas publicadas noutras casas centrais da literatura infantojuvenil nacional, da Caminho à Kalandraka. Yara Kono é a Ilustradora Convidada do Cria Cria nos meses de março e abril, um ano depois de ter visto o seu talento devidamente reconhecido ao receber o Prémio Nacional de Ilustração.

 

Cria Cria: Imagina-se a fazer o que faz agora para sempre? Se não, o que se imagina a fazer daqui a 20 ou 30 anos? Que objetivos ainda pretende atingir na sua carreira? Se pudesse formular um desejo profissional, qual seria?

Yara Kono: Há cerca de 13 anos trabalhava como farmacêutica, entre cremes e loções, provetas e béqueres. E jamais sonhava, na altura, que um dia fosse trabalhar como ilustradora ou viver em Portugal. Tudo isso para dizer que não sabemos o Continue reading

Leave a comment

Filed under Ilustração

Yara Kono [ilustradora convidada, semana 6]

 

Nasceu no Brasil, tem família japonesa, mas foi em Portugal que Yara Kono afirmou a sua extraordinária identidade autoral como designer e, sobretudo, como ilustradora. Além de desempenhar um papel cada vez mais relevante no quadro criativo da editora Planeta Tangerina, da qual faz parte há quase uma década, tem visto igualmente obras suas publicadas noutras casas centrais da literatura infantojuvenil nacional, da Caminho à Kalandraka. Yara Kono é a Ilustradora Convidada do Cria Cria nos meses de março e abril, um ano depois de ter visto o seu talento devidamente reconhecido ao receber o Prémio Nacional de Ilustração.

 

Cria Cria: Qual foi a coisa mais interessante que aprendeu com a ilustração até hoje? Com quem? Quem é o seu ilustrador favorito? Por que razão? Quem é que imita mais? Fica irritado com isso?

Yara Kono: Aprendi que há muito mais numa ilustração além daquilo que os olhos veem, e que o poder da interpretação, sobretudo entre os mais pequenos, não tem limites. Aprendo todos os dias um Continue reading

Leave a comment

Filed under Ilustração

Yara Kono [ilustradora convidada, semana 5]

 

Nasceu no Brasil, tem família japonesa, mas foi em Portugal que Yara Kono afirmou a sua extraordinária identidade autoral como designer e, sobretudo, como ilustradora. Além de desempenhar um papel cada vez mais relevante no quadro criativo da editora Planeta Tangerina, da qual faz parte há quase uma década, tem visto igualmente obras suas publicadas noutras casas centrais da literatura infantojuvenil nacional, da Caminho à Kalandraka. Yara Kono é a Ilustradora Convidada do Cria Cria nos meses de março e abril, um ano depois de ter visto o seu talento devidamente reconhecido ao receber o Prémio Nacional de Ilustração.

 

Cria Cria: É ilustradora a tempo inteiro, 24 horas por dia? Desenha mentalmente tudo o que vê, estando acordada ou a dormir? E toma notas ou faz esquissos sobre essas visões? O que é que tem de ter sempre consigo para o poder fazer?

Yara Kono: É preciso pensar em outras coisas, desligar do trabalho (e de tudo) de vez em quando, para a vida correr melhor. Quem me dera ter um botãozinho “on/off”… Mas quando tenho as Continue reading

Leave a comment

Filed under Ilustração

Yara Kono [ilustradora convidada, semana 4]

 

Nasceu no Brasil, tem família japonesa, mas foi em Portugal que Yara Kono afirmou a sua extraordinária identidade autoral como designer e, sobretudo, como ilustradora. Além de desempenhar um papel cada vez mais relevante no quadro criativo da editora Planeta Tangerina, da qual faz parte há quase uma década, tem visto igualmente obras suas publicadas noutras casas centrais da literatura infantojuvenil nacional, da Caminho à Kalandraka. Yara Kono é a Ilustradora Convidada do Cria Cria nos meses de março e abril, um ano depois de ter visto o seu talento devidamente reconhecido ao receber o Prémio Nacional de Ilustração.

 

Cria Cria: Os seus momentos de criação são, por norma, felizes? Ou são difíceis? Tem uma relação saudável com todas as ilustrações que vai terminando e juntando ao seu portefólio? Fica sempre satisfeito com os resultados do seu trabalho?

Yara Kono: Cada dia é um dia… Uns mais felizes do que outros, no trabalho e na vida. Podemos não estar num dia bom, e o trabalho não corre bem. Seja pelo telefone que toca de dez em dez minutos, por surgir um projeto de última hora ou simplesmente por não ter Continue reading

Leave a comment

Filed under Ilustração

Yara Kono [ilustradora convidada, semana 3]

 

Nasceu no Brasil, tem família japonesa, mas foi em Portugal que Yara Kono afirmou a sua extraordinária identidade autoral como designer e, sobretudo, como ilustradora. Além de desempenhar um papel cada vez mais relevante no quadro criativo da editora Planeta Tangerina, da qual faz parte há quase uma década, tem sido igualmente convidada a publicar obras noutras casas centrais da literatura infantojuvenil nacional, da Caminho à Kalandraka. Yara Kono é a Ilustradora Convidada do Cria Cria nos meses de março e abril, um ano depois de ter visto o seu talento devidamente reconhecido ao receber o Prémio Nacional de Ilustração.

 

Cria Cria: Tem segredos ou técnicas especiais no seu método de trabalho que nos possam ajudar a desenhar melhor? Como é que trabalha a imaginação?

Yara Kono: Não há segredos (ou técnicas especiais)… É trabalhar (muito). É importante ter entusiasmo e um Continue reading

Leave a comment

Filed under Ilustração

Yara Kono [ilustradora convidada, semana 2]

 

Nasceu no Brasil, tem família japonesa, mas foi em Portugal que Yara Kono afirmou a sua extraordinária identidade autoral como designer e, sobretudo, como ilustradora. Além de desempenhar um papel cada vez mais relevante no quadro criativo da editora Planeta Tangerina, da qual faz parte há quase uma década, tem sido igualmente convidada a publicar obras noutras casas centrais da literatura infantojuvenil nacional, da Caminho à Kalandraka. Yara Kono é a Ilustradora Convidada do Cria Cria nos meses de março e abril, um ano depois de ter visto o seu talento devidamente reconhecido ao receber o Prémio Nacional de Ilustração.

 

Cria Cria: Acha que tem estilo? Ou acha que tem um estilo próprio? Acha que é “especial”?

Yara Kono: Acho que acaba por ser inevitável, mesmo que para mim não seja vital ou consciente. É algo que vem com o tempo, mais ou menos involuntariamente. Cada um tem a sua maneira de ver, de sentir e de interpretar o mundo. E para mim, isso acaba por transparecer nas ilustrações que faço. Ainda tenho algum Continue reading

Leave a comment

Filed under Ilustração

Yara Kono [ilustradora convidada, semana 1]

 

Nasceu no Brasil, tem família japonesa, mas foi em Portugal que Yara Kono afirmou a sua extraordinária identidade autoral como designer e, sobretudo, como ilustradora. Além de desempenhar um papel cada vez mais relevante no quadro criativo da editora Planeta Tangerina, da qual faz parte há quase uma década, tem sido igualmente convidada a publicar obras noutras casas centrais da literatura infantojuvenil nacional, da Caminho à Kalandraka. Yara Kono é a Ilustradora Convidada do Cria Cria nos meses de março e abril, um ano depois de ter visto o seu talento devidamente reconhecido ao receber o Prémio Nacional de Ilustração.

 

Cria Cria: Como (e quando) é que surgiu o desenho na sua vida? E como (e quando) é que o desenho começou a “transformar-se” em ilustração? Por que é que desenha? Ainda sente a mesma motivação que tinha quando começou a ilustrar?

Yara Kono: Surgiu naturalmente, assim como os primeiros passos ou as primeiras palavras… E, logicamente, não me recordo desses momentos, tampouco dos primeiros desenhos. Mas lembro-me que eu e Continue reading

Leave a comment

Filed under Ilustração

2011 > essencial > literatura > livros > nacionais

 

Uma reflexão e sistematização do que a história fará perpetuar da produção criativa de determinado ano não é, em nosso entender, tarefa que possa ser adequadamente cumprida ainda no decurso desse período ou, sequer, nos dias que se seguem ao seu fim. Por isso, sem as precipitações e as obsessões normativas que regem a quase totalidade das publicações culturais por este mundo dentro, optamos por deixar as obras que mais nos impressionaram e emocionaram em 2011 assentar um pouco da sua intemporalidade nesta primeira meia dúzia de semanas de 2012 – e resumimos, nos próximos dias, o que nos parece ser a essência dessa colheita, os trabalhos aos quais o ano passado merece ficar efetivamente associado. Para inaugurar esta pequena sequência de balanços, a produção literária infantojuvenil de Continue reading

Leave a comment

Filed under Ilustração, Literatura

Yara Kono: uma exposição e dois livros

 

Yara Kono, a premiada artista e ilustradora nipobrasileira da Planeta Tangerina, é – a partir de hoje – um dos imperdíveis destaques do 22º Festival Internacional de Banda Desenhada da Amadora, inaugurado anteontem. Nem as aparentemente inevitáveis e contagiosas contenções orçamentais conseguiram impedir a realização do já histórico festival. Pequenos e crescidos por certo encontrarão na lista de programação sobejas razões para uma visita. Começando pelo tema apetecível (“Humor”), teremos os 60 anos dos “Peanuts”, “Astérix entre os Portugueses”, Adolfo Simões Müller e Vasco Granja, para além da presença de outros incontornáveis nomes da BD nacional e mundial. Há ainda as “Oficinas de cinema de animação e música digital”, entre outras propostas para os mais pequenos, aos sábados e domingos de manhã, até 6 de novembro. Na Casa Roque Gameiro, podemos apreciar devidamente os adoráveis detalhes das ilustrações e experiências de Yara Kono para a obra que venceu o Prémio Nacional de Ilustração de 2010, “O papão no desvão” (Caminho, 2010), com texto de Ana Saldanha.

 

 

Vale igualmente a pena atentar no recente e cativante livro “Eu só – Só eu”, de Yara Kono, autora de ilustrações marcantes no âmbito da produção literária infantil portuguesa dos últimos anos. As imagens expandem os afetos escondidos no texto, aqui reduzido à mais poética essencialidade, novamente pela pena de Ana Saldanha.

 

 

Claro que nem todas as parcerias são tão equilibradas. Em “O ar está cheio de vozes”, por exemplo, o potpourri de poemas compostos por Raul Malaquias Marques (com quem a ilustradora já havia partilhado a autoria do livro “De sol a sonho”, publicado pela Caminho em 2009), que Yara Kono alegre e diligentemente ilustra, apesar de irónicos e bem humorados, muitas vezes resvalam para uma poeticidade algo desgastada.

Para finalizar, uma pergunta: quem é capaz de descobrir, no livro “Eu só – Só eu”, o detalhe de ilustração que surge no cabeçalho do blogue da ilustradora, a transbordar de maravilhosas fotografias?

 

até 6 novembro
Yara Kono, “O papão no desvão”
22º Festival Internacional de Banda Desenhada
Casa Roque Gameiro, Amadora
[a partir dos 6 meses]

 

livro “Eu só – Só eu”, de Ana Saldanha com ilustrações de Yara Kono
Caminho, 2011
[a partir dos 3 anos]

 

livro “O ar está cheio de vozes”, de Raul Malaquias Marques com ilustrações de Yara Kono
Caminho, 2011
[a partir dos 5 anos]

 

Paula Pina

Leave a comment

Filed under Ilustração, Literatura

“Como é que uma galinha…”, de Isabel Minhós Martins com ilustrações de Yara Kono

 

“Como é que uma galinha…”, da autoria de Isabel Minhós Martins e com ilustração de Yara Kono, publicada pela Planeta Tangerina, não é uma história. É uma pergunta. Ou melhor, é uma pergunta gigante, que se vai desdobrando em outras perguntas encaixadas na primeira e, se quisermos, reforçando a primeira: “como é que uma galinha…?”, “mas como?”, “como?”. Na realidade, a interrogação sobre um dos animais mais vulgares e mais simbólicos do mundo acaba por se assemelhar a uma alegoria sobre os paradoxos da natureza. Os defeitos ou caraterísticas da ave, os seus hábitos e incapacidades são colocados em evidência. Ao mesmo tempo, expressa-se a perplexidade causada por aquele que é considerado o seu mais notável feito: pôr ovos. “Como é que tanta Matemática, / Tanta Biologia, / Tanta simplicidade, / Tanta sabedoria… Saem do rabo de uma galinha?”

A natureza tem destas coisas. Mas até que ponto se resgata de facto a dignidade da galinha? Até que ponto nos libertamos do estereótipo da galinha-objeto, da tal galinha-máquina-poedeira das linhas de produção industrial, a galinha depenada, pesada, embalada, catalogada, enfileirada? Da galinha procriadora de um artigo de consumo humano, o salvífico filho-ovo? Por vezes, algumas tentativas de humor resvalam para esta visão mais discutível do animal, nomeadamente no final do livro. A galinha é redimida, enquanto animal cultural e convencionalmente desvalorizado, porque de dentro dela saem ovos, pequenas obras de arte, estética e gastronomicamente perfeitas. Apesar do seu ar “feinho” e “pouco inteligente”, muito “tonto, tonto, tonto”, não obstante ser “pitosga”, “desajeitada”, “mal jeitosa”, “ociosa”, chegámos à conclusão de que a galinha, não é, simplesmente, uma galinha, mas sim “uma máscara”, “um verdadeiro agente secreto / Que guarda em si um segredo: Um pequeno planeta / Que traz a vida a reboque. / Mas o mais importante de tudo… é que não falte um bitoque!”…

O texto de Isabel Minhós Martins torna-se auditivamente interessante devido à utilização das rimas, das anáforas e dos paralelismos, e, evidentemente, pela pontuação expressiva. Todavia, é na delicadeza irónica das ilustrações que se encontra o ponto forte do livro, desde a escolha de materiais e cores, às colagens recorrendo a símbolos, códigos, selos, etiquetas ou datas de validade que encontramos nas embalagens de ovos.  Apesar de reconhecermos valor pedagógico ao texto, às referências culinárias ao ovo e ao tópico da utilidade da galinha para o ser humano, temas sempre explorados em âmbito educativo pré-escolar, a obra vale sobretudo pelos detalhes da ilustração: desde os objetos decorativos alusivos até à presença de outros animais (recordando a fábula da galinha ruiva), passando pela galinha que espirra e pela sugestão de velocidade do movimento de braços batendo as claras em castelo, até à incongruência de algumas galinhas dobrarem as articulações das patas para a frente, o que lhes dá, assinale-se, um toque muito feminino…

 

 

Apesar da ironia evidente em algumas passagens, e do sucesso, confirmado em risotas, que decerto se obterá junto dos mais pequenos graças às reiteradas referências ao “cocó”, vale a pena contar outras histórias que a ilustração conta. Conhecem aquela do menino que se mascarou de galinha e entrou no galinheiro para roubar um ovo, mas que acaba perseguido pela galinha e seus pintainhos? Não? Então tomem bem atenção à capa e contracapa. E já ouviram a história da galinha glutona que entrou à socapa num lindo couval bem português, e que, de guardanapo ao peito, devorou e debicou todos os pés de couve verdinha, escapulindo-se depois, de papo a abarrotar? Também não conhecem? Pois então, vejam com cuidado as guardas iniciais e finais.

 

 

livro “Como é que uma galinha…”, de Isabel Minhós Martins com ilustrações de Yara Kono
Planeta Tangerina, 2011
[a partir dos 3 anos]

 

Paula Pina

Leave a comment

Filed under Ilustração, Literatura

Setembro no Planeta Tangerina, da galeria às livrarias

 

Além do tão atarefado “Todos fazemos tudo”, de Madalena Matoso, já aqui divulgado, a Planeta Tangerina irá igualmente começar a embelezar as mais felizes estantes infantis portuguesas com uma sua nova pérola: “Como é que uma galinha…”, parceria de Isabel Minhós Martins com a notável ilustradora Yara Kono. Os dois livros serão lançados na inauguração da exposição dos ilustradores residentes daquela casa editorial que irá acontecer no próximo sábado, 10 de setembro, na louvável galeria Dama Aflita, Porto – uma mostra para visitar até 22 de outubro.

 

Leave a comment

Filed under Ilustração, Literatura